fbpx

A tecnologia no ensino de inglês

Hey you! How are you doing?

A importância da tecnologia no ensino de idiomas

Há muitas formas de se estudar e aprender um novo idioma. Há alguns meios altamente tecnológicos e outros bem simples. Qual deles é o mais eficiente?

A resposta depende de vários fatores e da preferência de cada um. Todos os métodos podem ser eficientes e todos podem ser ineficientes. A dedicação e a disciplina do aluno são imprescindíveis, seja com tecnologia ou não. 

Há várias perguntas a serem formuladas sobre o assunto: O bom e velho livro ainda funciona? É possível aprender inglês com prazer ou somente com uma disciplina rígida? Quanto tempo leva para aprender inglês? Quais os recursos necessários para aprender um idioma? É preciso gastar muito? Aprender inglês é para pessoas mais dotadas intelectualmente?

Atualmente há muitas formas de se utilizar a tecnologia no aprendizado de idiomas, como aplicativos incríveis (como o Duolingo, por exemplo), CD Roms, DVDs com múltiplas legendas, Cursos EAD, Lousa Eletrônica, Skype, Personal Teachers, e até mesmo hologramas. Isto realmente faz a diferença?

Em meus mais de 30 anos de experiência no ensino de inglês posso afirmar que a diferença não é no aprendizado da língua, apenas na prática. Os aplicativos para celulares, CD Roms e tecnologias de ponta vão auxiliar a praticar, ou seja, principalmente no listening. Mas a tecnologia não vai te ensinar inglês. Ou seja, o aluno vai aprender a ser um ótimo "papagaio", sem ter muita certeza do que está fazendo. A tecnologia é muito importante na motivação e na prática do idioma, mas não no aprendizado. Para aprender é preciso ENTENDER, e a tecnologia não te explica o que é preciso para ligar as palavras. O que realmente importa é a sequência correta e não um amontoado de informações desconexas. Fui professor de música por muito tempo, e o processo é o mesmo: se o aluno não entender, nunca vai ser um bom músico e fazer algo bem feito por si mesmo. Vai apenas aprender a imitar os outros e isto provavelmente será efêmero.

Um bom livro de inglês é importante?

Ainda acredito fielmente no resultado do livro impresso. As maiores heranças da raça humana estão nos livros. Mesmo um arquivo em PDF maravilhoso não tem a mesma eficiência do livro. Imagine-se estudando para um concurso importante sem livros. Acha que vai ser aprovado?  Ou o seu concorrente que "pegou firme" nos livros e fez exercícios reais por escrito tem mais chance de ser aprovado? Acha que esta "geração celular" é mais eficiente do que a anterior? Eu participei desta transição e posso garantir que quem concentra o esforço correto tem muito mais possibilidade. Alguns aplicativos são feitos justamente para causar a impressão que basta apertar um botão e não é preciso esforço para aprender, vindo tudo fácil se você "comprar tal aplicativo". Lembre-se da máxima em inglês: "No pain, no gain". Sem esforço (dor), não há resultado (ganho). Não tenha preguiça de ler um bom livro. É a melhor forma de se aprender qualquer coisa nesta vida.

Uma das melhores formas de se aprender inglês com prazer é através da música. Aí sim, a tecnologia passa a ser uma aliada muito importante. Com legendas de pronúncia, letra, tradução fica muito mais fácil aprender inglês com diversão.

Aproveite para aprender algumas músicas que gosta, ouvindo várias vezes e isto fará toda a diferença no aprendizado.

No método Iupi você terá várias músicas com a pronúncia do inglês escrita, e poderá aprender facilmente a cantar.

Please follow and like us:
Follow by Email
Facebook
Twitter
YouTube
YouTube
LinkedIn
Instagram

Compartilhe as dicas de inglês Iupi com seus amigos e contatos!

1 comment on “Como usar a música e a tecnologia para aprender inglês”

  1. Avatar Ildo Vieira Rodrigues Responder

    Bom dia, aprender inglês por música realmente ajuda muito na evolução do aprendizado, eu comecei a cantar pelo yotube karaokes em inglês, e estou achando muito bom, pego as músicas que eu gosto pra ficar mais emocionante, e começo a treinar o vocabulário cantado. E confesso que estou gostando muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga e Compartilhe o Iupi